>>>>> Assista A Melhor TV do Brasil No Computador <<<<<

 

Herpes-zóster - Sinais, Sintomas E Tratamento Da Doença

Entrar

Enviar Vídeos Enviar Fotos Enviar Notícias

Herpes-zóster - Sinais, Sintomas E Tratamento Da Doença

Postado em 10/03/2009 às 08:38 por Cabuloso.com - aprovado por Cabuloso.com - Enviar por E-mail

O que é Vírus do Herpes-zóster? O Herpes-zóster (ou Zolster, Zoster) ou zona, também popularmente chamado de cobrão ou cobreiro, é uma virose provocada por uma variante do herpesvírus que também causa a varicela (ou catapora), de incidência rara e que provoca afecções na pele, de maior ou menor gravidade, em geral atingindo pessoas com baixa defesa imunológica, como idosos ou pacientes com SIDA. Sinais e Sintomas do Herpes-zóster Ao contrário da catapora, caracterizada pelo surgimento de vesículas (bolhas) em todo o corpo, no Herpes-zóster estas lesões aparecem, em geral, somente no segmento de pele inervado pelo ramo nervoso acometido pelo virus e em apenas um dos lados do corpo - "cobreando-se", ou seja, ziguezagueando, daí a origem do nome popular "cobreiro" para este mal. O primeiro sintoma é a sensação de dor no local, depois ocorre a eclosão das bolhas, deixando a pele avermelhada, além de indisposição. O paciente pode sentir desde uma dor muito forte no local e até mesmo pontadas e coceira. A dor pode durar meses ou até anos em pacientes que venham a ter mais idade, mas é mais habitual durar entre 3 a 5 semanas. Geralmente este tipo de herpes ocorre em pacientes com mais de 50 anos e em pessoas mais debilitadas. Tratamento O mesmo da varicela: antivirais, sobretudo o Aciclovir (Zovirax) ou pró-fármacos como o famciclovir (Famvir), or valacyclovir (Valtrex). Como não há uma cura conhecida para o cobreiro, o tratamento se concentra na diminuição da dor. Um analgésico pode aliviar a sensação de queimação. O aciclovir e outros antivirais semelhantes administrados oralmente provaram diminuir o progresso e a gravidade da doença em muitos casos, além de reduzir a probabilidade de neuralgia pós-herpética. Alguns médicos receitam medicamentos esteróides para diminuir a inflamação do nervo. Para serem eficazes, os esteróides devem ser tomados logo após o início do cobreiro. O tratamento à base de esteróides geralmente não é recomendado para as pessoas com doença subjacente, pois os esteróides podem interferir na resistência à infecção. A prevenção da infecção também é importante. Banhos em água morna (não quente) ajudam a aliviar e limpar a pele. Se a coceira for grave, os pacientes devem cortar as unhas e usar luvas enquanto estiverem dormindo para que não cocem inconscientemente. Procurar atendimento imediato pode diminuir a chance de você sofrer de dor contínua após o surto do cobreiro. E se isso serve de consolo, a maioria das pessoas só têm cobreiro uma vez. Embora os especialistas enfatizem a importância da ajuda médica imediata, existem algumas coisas adicionais que você pode fazer para ajudar a aliviar a dor e a coceira durante a fase inicial do cobreiro, quando há bolhas, além de lidar com qualquer desconforto prolongado que ocorra após essas bolhas terem desaparecido.

Boletim Cabuloso Grátis
Receba Diariamente Atualizações do Site por E-mail

 

Quem é Fã Curte! Participe.

Comente Via Facebook ( Compartilhem à Notícia )

Você precisa ser um usuário registrado para poder postar comentários no Cabuloso.com! Registre-se gratuitamente!